Deputados reivindicam melhorias para municípios durante pequenos informes

 
 
Laryssa Saldanha/ Durvalino Leal/Raimundo Cazé - Edição: Katya D'Angelles

Foram lidos, na sessão plenária desta quarta-feira (25), os requerimentos apresentados pelo vários deputados estaduais na Assembleia Legislativa. A deputada Lucy Soares (Progressistas) requereu da Secretaria Estadual de Saúde informações detalhadas sobre a Programação Pactuada e Integrada da Assistência à Saúde (PPI) e sobre a organização da assistência hospitalar do Piauí.  O deputado Severo Eulálio (MDB) requereu a realização de audiência pública no dia 08 de outubro com o objetivo de discutir o tema “Aprendizagem Profissional - transformando vidas” om a presença de representantes do Ministério Público Estadual.

O deputado Francisco Limma (PT) requereu a realização de uma sessão solene em homenagem ao Dia do Engenheiro Agrônomo, comemorado no dia 12 de outubro. O deputado Georgiano Neto (PSD) solicitou da Secretaria Estadual de Educação a reforma da Unidade Escolar Anísio Brito, localizado no município de Piracuruca. Já o deputado Henrique Pires (MDB) requereu do Governo do Estado a inclusão do município de Parnaguá no Programa de Mobilidade Urbana, com a destinação de R$ 3 milhões para realização de obras de pavimentação e asfaltamento urbano.

A deputada Teresa Britto (PV disse na sessão desta quarta-feira, na Assembleia Legislativa, que na próxima semana vai visitar os dois campus da Uespi em Teresina para verificar no local a falência da instituição de ensino, acompanhada de representantes do Ministério Público e de outros deputados. A deputada disse que em Oeiras os estudantes e professores fecharam os cadeados da Uespi e fizeram uma manifestação pedindo o pagamento de salários atrasados, a contratação de professores e técnicos e o fornecimento de material para a instituição funcionar.

“Ontem viralizou nas redes um vídeo de uma estudante varrendo a sala de aula porque não existem zeladores. Os que trabalhavam lá abandonaram o emprego porque não recebiam os salários. Eu não sei onde o governador Wellington Dias quer chegar. Os recursos estão previstos no Orçamento, mas a Secretaria de Fazenda não libera. Não dá para os alunos perderem tantas aulas devido a falta de professores e a sujeira dos prédios. Não vamos deixar a Uespi morrer, mas ela já está agonizando”, frisou. Também no tempo de dois minutos, o líder do Governo, deputado Francisco Limma (PT) informou que amanhã, às 9 horas, será realizada uma audiência pública para discutir a privatização dos Correios, com a presença de servidores, dirigentes e sindicalistas.Ele também lembrou que foi comemorado o Dia Estadual das Quebradeiras de Coco, uma atividade que emprega cerca de 50 mil pessoas no Piauí. Elas trabalham no território dos Cocais e ao longo de todo o Vale do Parnaíba. As comemorações aconteceram em Luzilândia.

Limma também disse que esteve hoje no centro de formação do Emater participando do Encontro Estadual de Aquicologia, reunindo cerca de 200 pessoas. “Fui lá acompanhado do secretário Hebert Buenos Aires, da Agricultura, e vimos que o setor tem todas as tendências para ter um rápido crescimento no Piauí”, afirmou. O deputado Júlio Arcoverde (PP) usou os dois minutos para enaltecer o trabalho do prefeito Firmino Filho e seu secretário de Educação,Kleber Montezuma, em favor da Educação. Ele disse que ficou impressionado com a obra da escola Antônio Noronha Filho, no bairro Vale do Gavião, inaugurada recentemente, com um investimento superior a R$ 2 milhões de reais.